Projeto EAGLE

Apresentação

Quando foi que perdemos o com.passo?

Aonde estão as chaves?

De minha primeira Grande Visão

A Informação em Perspectiva

O Projeto EAGLE e os seus Dados

Índice

Aonde estão as chaves?

Para não dizer que eu não falei de ROI, TCO, TTM, …

Um amigo viu Mullá Nasrudin procurando alguma coisa no chão da praça.
“O que é que você perdeu, Mullá?”, perguntou-lhe.
“As minhas chaves”, respondeu o Mullá.
E então, os dois puseram-se a procurá-la por todo o lugar.

Depois de muito procurar sem sucesso, o amigo indagou a Narsudin:
– Mullá, aonde foi exatamente que você perdeu suas chaves?
– Em casa.
– Então por que você está procurando por aqui?
– Porque aqui tem mais luz.

contos e parabolas

Em verdade, em verdade, os fatos são – sempre – simples.
Mantenhamo-nos, então, simples. Sempre (de preferência).

De fato:

  • Empresas e empreendimentos de qualquer porte ou segmento dedicam-se exclusivamente a um único propósito primário e fundamental: disponibilizar processos, produtos e/ou serviços a seu público-alvo.
  • Para tanto, pessoas desenvolvem e implantam processos estratégicos que definem negócios institucionais, consolidando a imagem e posicionamento empresal e corporativo no mercado.
  • No processo de desenvolvimento de processos de negócio estratégicos, diversos projetos são planejados e implementados, com variados graus de formalidade, estruturação e controle.
  • Tais projetos de desenvolvimento baseam-se em um determinado conjunto de tecnologias e em uma dada infraestrutura. E ao final resultam em uma série de artefatos, relacionados a seus correspondentes processos, produtos e/ou serviços.
    clipNote

    Uso o termo “recurso” para nos referir, a princípio, a processo, produto ou serviço, em geral. Assim, recursos de negócio são posicionados no âmbito instituicional (empresarial, corporativo) e incluem, entre outros (recursos humanos, de infraestrutura, etc), recursos de TI. Estes últimos, por sua vez, incluem (mas não se restringem a) recursos de software.

  • E estes, por sua vez, demandam administração e gerenciamento eficientes e eficazes – ao longo de toda a sua vida-útil, ou ciclo de vida – a fim de garantir a qualidade desejada, e o sucesso dos esforços e investimentos.
worldGrade

Uma empresa de aviação, por exemplo (a fim de cumprir a sua missão, de transportar pessoas por via aérea), desenvolve, implementa, disponibiliza e gerencia uma série de recursos de negócios que – por meio de sua integração – consolidam suas operações empresariais e definem sua imagem e posicionamento de mercado. Para tanto, baseia-se em uma dada infraestrutura e lança mão de uma série de tecnologias pertinentes.

Um escritório de contabilidade faz o mesmo; assim como uma oficina de teatro, um sapateiro, um padeiro, um escritor, e assim por diante. E assim como você e como eu. Ainda que os nossos objetivos e “missão” sejam completamente distintos e, por consequência, a natureza e as caracterísiticas de nossos recursos, infraestrutura e tecnologias provavelmente sejam muito diferentes; ainda assim todos nós, para alcançarmos as nossas metas, nos valemos de determinadas infraestruturas, recursos e tecnologias.

No fim do dia, o nosso sucesso dependerá do quão eficaz e eficientemente somos capazes de gerenciar os nossos recursos, ao lidarmos com as inevitáveis variáveis intervenientes do ambiente.

É nossa atribuição portanto identificar, definir (especificar) e posicionar, claramente, os nossos “recursos” e ferramentas (artefatos). Caso contrário, a exemplo de Narsudin, frequentemente nos veremos distantes de nossas metas e objetivos, plantando o nosso próprio fracasso; ao utilizar técnicas e estratégias que podem ser lógicas (e até “inteligentes”), mas que estão totalmente fora de contexto e são, por isso mesmo, totalmente ineficazes e ineficientes; inteiramente contra-producentes (e desqualificadas).

Aonde estão os interruptores? As lanternas? As pilhas?
Aonde estão as respostas?
Talvez não precisemos sair de “casa”, para encontrá-las.
Talvez …

Eu sempre acabo ficando com a impressão de que a nossa frenética busca para “ganhar tempo” na verdade nos faz perder tempo (além de oportunidades, credibilidade etc), ao nos induzir a irrefletidas e inconsequentes ações, que nos desviam do caminho, provocando constantes e desnecessários atrasos em nossos cronogramas, e incômodos adiamentos em nossas esperanças e realizações.

E então, aonde estão as suas “chaves”?
Para onde você vai voltar os seus olhos e a sua atenção profissional?
O quê/aonde você está buscando (realizar)?
E como está investindo o seu tempo e esforços?

Talvez seja hora de [parar para] refletir um pouco, a fim de aumentar as nossas chances de sucesso (e continuidade) …

Talvez …

↑ Topo ↑
 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: